Imagem capa - Como você guarda suas memórias? por Jei Heydt

Como você guarda suas memórias?

     Estamos em meio a uma questão nacional, que foi levantada por uma novela, onde foi dito que álbuns são coisa do passado, que hoje em dia o melhor é um álbum virtual, que está na nuvem e você acessa do celular.


     Claro que as coisas mudam e as tecnologias chegam em todas as áreas e mercados, porém existem coisas que são impagáveis. Você já sentou no sofá em um domingo chuvoso e pegou algumas fotografias antigas, dos seus pais, avós, ou até mesmo da sua infância para olhar?

 

     Quantas memórias tem ali, quantos significados em uma fotografia, mas, e quantas memórias você tem de quando olhou essas fotografias ao lado daquela pessoa querida, ou se pegou rindo de uma fotografia por um comentário que alguém outro fez quando viu aquela foto em uma outra ocasião?


 


     E se esta fotografia fosse virtual, teria um pouco de sujeira daquele dia que a família se reuniu para olhas as velharias enquanto tomava um café, e por acidente acabou sujando uma foto? Teria uma marquinha de mordida de quando as crianças eram pequenas e colocavam tudo na boca?


     E aquele álbum? Teria o amarelado do tempo, ou aquele cheirinho especial que ele ganhou quando ficou na casa da sua avó, porque ela queria olhar com calma todas as fotos?


 


     Acreditamos que álbuns de fotos, são na verdade, álbuns de memórias, e eles são um meio de nos tele transportar para o passado, rever pessoas queridas que moram longe ou que não teremos mais próximas fisicamente.


     Poder tocar o álbum é muito mais intenso e traz muito mais memórias do que se as imagens estiverem em uma tela. Sentir a textura da capa, ver todas aquelas memórias impressas no papel, tocar as memórias, que depois de algum tempo vão trazer aquele calorzinho no coração, e porque não, algumas lágrimas de alegria e saudade daquele momento, daquele tempo, daquelas pessoas.


 


    Quando perguntamos as pessoas sobre um desejo, o que se escuta por vezes é "não quero ser esquecido". Mas se pararmos para pensar, o que estamos deixando? Como não sermos esquecidos se não estamos deixando nada para que lembrem de nós?


     Alguém no futuro ainda terá acesso as suas memórias que foram guardadas na nuvem, você mesmo não irá esquecer aquelas fotografias?


     Vamos seguir o que estão dizendo que é modismo, ou vamos deixar nossas memórias para que as futuras gerações vejam quem fomos e o que fizemos?

 

     Vale a reflexão.